Brasil sofre com a falta de trabalhadores especializados na área de tecnologia, diz empresa de vagas

Havia sido divulgado um balanço no mês passado apontando que, no Brasil, há uma defasagem de cerca de 160 mil vagas de emprego na área de tecnologia. E isso se confirma ainda mais com as informações passadas pela Indeed, empresa de vagas de emprego.

Segundo foi falado por Carmen Bryant, diretora para as Américas da Indeed, durante o Fórum CEO Brasil, do Experience Club, na Bahia, o país sofre e muito com a falta de profissionais qualificados para adentrar o mercado e preencher vagas que são estritamente necessárias em empresas que já abraçaram ou ainda vão abraçar o setor em breve.

"A falta de talento é permanente no Brasil e é preciso investir em educação e mudar a política de imigração para atender à demanda crescente de empregos qualificados", disse Bryant. 

Ela afirma que em breve qualquer empresa vai ser considerada de tecnologia de alguma forma, até uma simples cafeteria e a falta de profissionais de TI retarda o crescimento econômico de um país. Bryant afirma que um exemplo fácil dessa defasagem é a dificuldade de encontrar engenheiros de software disponíveis para entrar no mercado de trabalho no Brasil. 

Além disso, levando em conta os que já estão especializados e atuando, a diretora da Indeed também conclui que muitos não atualizam suas certificações e atuam apenas com conhecimentos básicos se comparado às inovações do mercado como os softwares por exemplo. 

Bryant disse também que as jornadas precisam ser flexíveis para o profissional, permitindo tanto o office convencional assim também como o home e também pontuou a questão da "importação" de profissionais podendo contratar estrangeiros com uma mudança nas leis de imigração.

 

FONTE: Uol Economia.