Script errado por funcionário acaba apagando mais de 16 mil processos do Tribunal de Contas do Amazonas

Um script (sequência de comandos na linguagem de programação) gerado errado por um profissional de TI em um serviço rotineiro dos sistemas e-Contas e Spede do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) acabou dando um prejuízo catastrófico para o órgão. De acordo com conselheiro-presidente do TCE-AM, Ari Moutinho Júnior, cerca de 16,5 mil processos foram afetados por um incidente, classificado pelo mesmo como "excesso de confiança e falta de responsabilidade", no servidor PostgreSQL.
 

Resultado de imagem para ari moutinho junior
O conselheiro-presidente do TCE-AM Ari Moutinho Júnior

 

Segundo Moutinho, o script gerado de forma indevida há cerca de um mês se deveu basicamente à falta de backup e falta de ampliação do sistema que faz este processo, o que justifica ser taxado como "excesso de confiança". Entre os 16,5 mil processos, 80% eram de aposentadoria, e desse número total, até o momento, 62% foram recuperados enquanto os demais estão em fase de recuperação pelas empresas Bot Recuperação de Dados, 4 Linux, CBL, Prodam e Ditin no valor de R$ 33 mil pelo serviço, que deverá ser ressarcido pelos dois servidores responsáveis pela pane. 

O conselheiro garante que os servidores serão normalizados até a próxima semana.

 

FONTE: Boa Informação.