Conheça as melhores certificações de TI atualmente

No mercado de TI a profissionalização e valorização do conhecimento são essenciais. No entanto é mais do que necessário comprovar tais quesitos tanto para melhorar e agregar sua imagem como profissional da área quanto para atrair mais clientes. Para isso são necessárias as chamadas certificações e então reunimos as maiores atualmente para que você fique por dentro do que pode precisar para engrossar seu currículo.


CERTIFICADOS DA MICROSOFT

Como todos estão carecas de saber, a Microsoft é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Assim, ela oferece três certificações muito importantes sobre servidores, desktops, aplicativos, banco de dados e técnicas de desenvolvimento variando entre níveis.


MOS - Microsoft Office Specialist

A Microsoft oferece especialização Microsoft Office Suite, incluindo Word, Excel, Outlook, PowerPoint, Access, SharePoint, OneNote e Exchange sendo as mais populares entre os gerentes de escritório, assistentes executivos e outros trabalhadores administrativos. Alguns executivos também garantem que as certificações MOS são ótimas no caso de computação em nuvem ou suporte técnico. De acordo com a PayScale, salários para profissionais com estas certificações giram em torno de US$ 45 mil e vai até US$ 65 mil por ano.
 

MCSE - Microsoft Certified Solutions Expert

Com salários variando entre US$ 50 mil a US$ 145 mil por ano, profissionais de TI com esta certificação se tornam especializados em servidores, redes, nuvem privadas, sistemas de dados, dispositivos corporativos, aplicativos de negócios ou armazenamento. A certificação MCSE é recomendada para gerentes e diretores do setor que trabalha diretamente com aplicativos de negócios, plataforma e infraestrutura de nuvem, gerenciamento e análise de dados, mobilidade e produtividade.
 

MCSD - Microsoft Certified Solutions Developer

Fixa-se na construção de aplicativos projetados especificamente para produtos Windows, se tornando importante para empresas que estejam desenvolvendo aplicativos internos personalizados. As certificações MCSD estão relacionadas a profissionais como engenheiros de software, arquiteto, desenvolvedor e programador, que dependendo do cargo podem ganhar entre US$ 50 mil e vão até US$ 150 mil por ano.

 

CERTIFICAÇÕES DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM

A computação em nuvem é uma solução que surgiu recentemente como uma forma de diversificar a maneira de hospedar grandes quantidades de informação. Assim, muitas empresas vão adotando aos poucos esta nova opção e requisitando profissionais especializados na área para garantir uma boa manutenção.


MCSE: Cloud Platform and Infrastructure

Como falado acima nas certificações da Microsoft, a MCSE é justamente para especialistas em nuvem, redes e servidores. E a Cloud Platform and Infrastructure é uma sub-certificação especializada somente na área de nuvem da Microsoft, aprofundando mais no assunto. Uma certificação como esta pode garantir salários de US$ 47mil a US$ 145 mil por ano.
 

AWS Certified Solutions Architect - Professional

A Amazon Web Services, ou AWS, é sem dúvidas a líder do mercado especializado em nuvem, realizando palestras e eventos pelo mundo todo afim de mostrar os avanços e expandir seus negócios. Diferentemente das citadas acima, esta certificação requisita trabalho prévio com plataformas da AWS, credenciais associadas e dois anos de experiência na empresa sendo recomendada para administrações de TI, engenheiros de sistemas e desenvolvedores que trabalhem com a nuvem da Amazon. Ganhos estimados de até US$ 125 mil por ano segundo a PayScale.
 

VCP6 - DCV

É especificamente direcionada para adquirir habilidades em solucionar problemas de infraestruturas vSphere V6. É uma das mais populares no mundo todo e para obtê-la é necessário ser previamente certificado pela VCP, que é o nível básico do programa de certificação da VMWare. 

 

ISACA CERTIFICATIONS

Apesar de ser uma das maiores empresas de certificações do mundo, a ISACA é majoritariamente conhecida apenas por especialistas da área de TI.


Certified in the Governance of Enterprise IT (CGEIT)

Com uma especialização que rende um dos salários mais altos da área, a CGEIT é muito procurada. A mesma ensina a metodologia de governança na área de TI, sendo recomendada a CEOs, administradores, diretores e supervisores de empresas de tecnologia passando ao profissional uma forma de gerenciar sua empresa com a integração de tecnologia no processo de supervisão. Os ganhos podem chegar a US$ 140 mil anualmente para profissionais com certificado CGEIT.
 

Certified Information Systems Auditor (CISA)

A CISA é direcionada para profissionais da área de auditoria e se concentra em demonstrar suas capacidades em todas as etapas do processo de auditoria, sua capacidade de informar sobre procedimentos de conformidade e quão bem você pode avaliar vulnerabilidades. Salários anuais variam entre US$ 48 mil e US$ 171 mil.
 

Certified in Risk and Information Systems Control (CRISC)

É considerada como a "única que prepara e habilita os profissionais de TI para os desafios da gestão de riscos corporativos e de TI e posiciona-os para tornarem-se parceiros estratégicos para a empresa". É basicamente uma certificação de segurança para combate a riscos de invasão, infiltração de malwares e ransomwares e vazamento de arquivos, tornando o profissional bastante valioso no mercado. 
 

Certified Information Security Manager (CISM)

Basicamente parecida com a CRISC, esta certificação é especificamente adaptada para os trabalhadores responsáveis ??pela construção, concepção e gestão de iniciativas de segurança empresarial. Mas ela não é tão fácil de se obter. Segundo John Reed, diretor executivo sênior da Robert Half Technology, é necessário pelo menos 5 anos de experiência em segurança da informação e três anos como gerente de segurança. É essencial para CIOs (chefes de departamento de informação ou TI), gerentes de segurança de informações, escritórios de segurança, analistas de segurança e arquitetos de segurança de TI.

 

CERTIFICADOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS (PROJECT MANAGEMENT CERTIFICATIONS)

Qualquer empresa que se preze precisa de uma espécie de gerenciamento de seus projetos, principalmente os que envolvem tecnologia, englobando novos softwares, e-mail marketing entre outros. Para um profissional de TI, uma certificação no gerenciamento de projetos pode demonstrar proficiência no planejamento, agendamento, organização, execução de projetos e resultados sólidos. Estes cursos são geralmente obtidos pelo Project Management Institute (PMI).


Certified Associate in Project Management (CAPM)

O CAPM serve como uma espécie de credencial para iniciantes que pretendem chegar a um nível alto de profissionalização e especialização na área de gerenciamento de projetos. Esta certificação ajuda a introduzir o profissional com técnicas de planejamento, processamento e ação.
 

Project Management Professional (PMP)

Um pouco mais avançado que o CAPM, o PMP exige uma experiência prévia de 3 anos em gerenciamento de projetos, 4.500 horas liderando projetos, e 35 horas de educação em gerenciamento de projetos. Com um diploma secundário, você precisará de 5 anos de experiência, 7.500 horas de liderança e projetos diretores e 35 horas de educação em gerenciamento de projetos. O Project Management Institute garante que um profissional com certificação PMP pode trabalhar em praticamente qualquer área, em qualquer projeto e em qualquer lugar.
 

Certified Scrum Master (CSM)

Scrum é uma metodologia ágil para gestão e planejamento de projetos de software. No Scrum, os projetos são dividos em ciclos normalmente mensais chamados de Sprints. O CSM oferece suporte de certificação nesta metodologia que já se expandiu para além da área de tecnologia, servindo para estruturar um projeto em qualquer empresa. Profissionais certificados em Scrum podem ganhar entre US$ 56 mil a US$ 142 mil por ano.